Vereadores buscam soluções para quantidade de moradores de rua no município

É alarmante e preocupante a quantidade de moradores de rua em Barbacena, principalmente nas ruas centrais. Diante de tal, diversos vereadores na reunião ordinária de ontem (04/04), solicitaram medidas urgentes para ajudar as pessoas que estão vivendo nesta situação.

 O vereador Thiago Martins (PT), disse que o “mais grave não é ver a rua feia, cheia de cobertores, caixas e colchões. O triste e desumano é ver pessoas nessas situações, passando fome, frio, expostas a qualquer tipo de agressão e sem ter um teto. O que doí é saber que temos pessoas morando nas ruas”, disse. O vereador também afirmou que muitos que vivem nas ruas têm problemas com álcool e “talvez o necessário não seja a criação de albergues e sim dar tratamento a essas pessoas”.

 Por sua vez, o vereador Edson Resende (PT), disse que o modelo de distribuição de renda em nossa sociedade faz com que as famílias entrem em desespero e caiam nas ruas, no alcoolismo. “Precisamos fazer uma grande reflexão. Que sociedade é essa que faz tantas vítimas, que destrói tantas pessoas?”, disse.

 O vereador Carlos Du (PMDB) citou o trabalho da Paróquia de Nossa Senhora da Piedade, Pão e Beleza, que “tenta trazer um pouco mais de dignidade aos mendigos”. “A maior dificuldade que encontramos no projeto é tirá-los das ruas, muitos não querem e acostumam com essa situação crítica. Convido a todos para conhecer o projeto e ajudar. Já é o início de uma grande ação em prol dos nossos irmãos de rua”.

 Já o vereador Flávio Maluf (PV) afirmou que será preciso mudar os rumos do capitalismo. Esse problema vem da parte familiar e social que não foi trabalhada por toda a sociedade. “O projeto Pão e Beleza está ai para nos mostrar que é possível sim ajudar com a união de todos”, finalizou.