PLENÁRIO EM FOCO_ PADRE DANIVAL NA "TRIBUNA LIVRE"

13 de ABRIL de 2019 às 11h09

A reunião ordinária da Câmara, no dia 11 abril, contou com a  presença do Reverendíssimo Padre Danival Milagres, Pároco do Santuário da Piedade/Barbacena, que manifestou desejo de participar da Tribuna Livre, aproveitando a proximidade da Semana Santa, para levar aos vereadores posicionamentos importantes sobre questões sociais invocadas na Campanha da Fraternidade 2019. O Vereador Amarílio Andrade, Presidente da Câmara destacou que a “Tribuna Livre foi instituída, na Câmara Municipal, em 2009, através da Resolução 320/2009, como previsto no art. 50 da Lei Orgânica Municipal, e é uma oportunidade para que os cidadãos apresentem suas reivindicações, comentários e proponham debates sobre temas recorrentes. Por esta razão, neste período Santo, ouvir o Padre Danival Milagres é, sem dúvida, uma oportunidade impar para o Legislativo”.

VEREADOR JOSÉ JORGE EMÍDIO(PDT) COMENTA SOBRE POPULAÇAO DE RUA.

                    Antes que o Padre Danival Milagres ocupasse a Tribuna, o vereador José Jorge Emídio (PDT) fez uma breve saudação ao visitante e, aproveitando a oportunidade, levou ao conhecimento do Plenário fato que presenciou na região do trevo da cidade, às margens da BR 040. “ Tive o desprazer de verificar, juntamente com alguns assessores e populares, um veículo deixando mais de seis moradores de rua vindos, certamente, de outras cidades para aportarem em Barbacena, como se não bastassem os que aqui já existem, em vários pontos da cidade. Mesmo que não sejam culpados da situação social em que se encontram, não podemos permitir que estas praticadas sejam repetidas”, afirmou o vereador José Jorge Emídio (PDT). A questão que envolve os moradores de rua em Barbacena, segundo a ótica do vereador, precisa ser acompanhada de forma mais intensa pelas autoridades municipais. “Polícia Militar e o próprio executivo precisam montar uma estratégia para que o crescimento dessas populações seja contido. Não se sabe a procedência dessas pessoas e, em ultima análise, podem ser pessoas de procedência duvidosa”.

             PADRE DANIVAL NA TRIBUNA LIVRE.

 

             Manifestando-se em nome de todas as paróquias, Padre Danival discorreu sobre a Campanha da Fraternidade 2019, cujo tema escolhido foi “Fraternidade e Políticas Públicas”. Segundo ele, o objetivo geral do tema da campanha é estimular a participação em políticas públicas à luz da palavra de Deus e da doutrina social da igreja para fortalecer a cidadania e o bem comum, que são sinais visíveis de fraternidade. “ É bom que se esclareça: não estamos falando de política partidária, nem de ideologia partidária política. Estamos falando de toda ação do governo, do estado, da sociedade civil para garantir o direito, a justiça e o bem comum para o nosso povo”, declarou o religioso.  A exigência da ética na formulação e na concretização das políticas são coisas que, às vezes, faltam ao país. No ponto de vista do Padre Daniel , propor políticas publicas com o objetivo de assegurar os direitos sociais aos mais frágeis e vulneráveis, é uma necessidade premente. “Quando a igreja católica fala de opção preferencial pelos pobres, quando fala da preocupação comum com os trabalhos sociais , não está fundamentada em nenhuma ideologia partidária ou política, estamos fundamentados no Evangelho, em Jesus Cristo. Por isso, quando a igreja do Brasil expressa uma preocupação com o pobre ou com as grandes questões sociais, alguns são taxados de comunista ou de estar levantando uma bandeira partidária. Errado. A nossa bandeira é Jesus Cristo e, se nos omitirmos diante do sofrimento do outro, não estamos sendo cristãos”, afirmou Padre Daniel. Com relação ao que foi dito pelo vereador José Jorge Emídio (PDT), quando citou os  andarilhos que estão chegando com freqüência na cidade, o Reverendo disse que já havia comentado sobre este fato,  em outra oportunidade na Tribuna da Câmara.  “Considero que o trabalho não pode ser só assistencialista. É preciso saber o que tem levado essas pessoas a andar de cidade em cidade. É necessário encontrar políticas publicas que abracem estas pessoas e entendam e resolvam as razões pelas quais estão nesta situação”. O religioso conclamou, por fim, que é preciso despertar nas pessoas o que prevê a Constituição na formação dos Conselhos, onde o cidadão tem a participação ativa e efetiva para a elaboração das políticas públicas. “Políticas públicas são ações e programas desenvolvidos pelo estado para garantir e colocar em prática direitos que são previstos na Constituição e em outras leis. Além desses direitos, outros que não estão previstos em Lei, também devem ser executados para o bem comum, em conjunto com os três poderes que formam o estado:  Executivo, Legislativo e Judiciário”, enfatizou Padre Danival.

 

                    Encerrada a participação do Padre Danival Milagres na Tribuna Livre, os vereadores passaram a se manifestar.

 

VEREADOR TANJÃO SOLICITA EPIs PARA GARÍS

                    O vereador José Antônio Nunes Magri_ Tanjão (PRB), congratulou-se com o Padre Danival pelas suas colocações na Tribuna Livre. Ainda no uso da palavra, o vereador Tanjão (PRB) conclamou o Executivo a atender os reclames das equipes que trabalham na varrição e capina. “Fui procurado pelo pessoal que trabalha na varrição e capina das ruas da cidade e, todos eles, solicitaram apelar à Prefeitura para que lhes sejam fornecidos uniforme e equipamentos de proteção pessoal”. Da mesma forma, requereu que a capina na região do São José não fique restrita apenas ao entorno da Basílica, principalmente agora no período do Jubileu. “Existem ruas no São José, cerca de 35,  que precisam ser mais cuidadas, pois o mato tem crescido a olhos vistos”. Tanjão solicitou também a recuperação asfáltica de ruas do São José para as quais já havia enviado ofício ao Executivo.

 

THIAGO MARTINS(PT) CRITICA ENTREGA DE FESTAS PARA TERCEIRIZADOS

 

                      Parabenizou o Padre Danival Milagres pelas suas palavras durante o tempo em que ocupou a Tribuna Livre da Câmara. Comentou sobre os leilões que vem sendo feitos para a realização de eventos em Barbacena. “ Na prática, quem sempre sai ganhando é o empresário, não fica nada para o município”. Discorreu sobre o projeto do recuo. “Não consigo entender a lógica do município de querer arrecadar a qualquer custo. Os valores são exorbitantes no projeto. Espero que os vereadores saiam do discurso bonito e passem para a prática, na defesa do cidadão”.  Ainda na Tribuna, o vereador Thiago Martins(PT) falou sobre as questões dos transexuais que, segundo levantamento que fez, muitos têm expectativa de vida próxima dos trinta anos. “Existem projetos de minha autoria protocolados na Câmara e, não sei por qual razão, estão parados na Comissão de Constituição de Justiça. Precisamos dar andamento nestes projetos e que a Câmara tenha bom senso de entender que essas pessoas precisam ser amparadas”.

ODAIR FERREIRA (REDE) COBRA MELHORAS NA ILUMINAÇÃO PÚBLICA.

 

               Citando a participação do Padre Danival, na Tribuna Livre, como de grande profundidade e com efetiva motivação ao trabalho do vereador, Odair Ferreira (REDE) aproveitou o momento para uma reflexão sobre os problemas que vem sendo verificados no dia a dia do cidadão barbacenense. Como vereador e também como profissional de imprensa, Odair Ferreira (REDE) comentou que tem sido procurado diariamente por contribuintes que lhes apresentam reclamações constantes quanto a falta de iluminação pública, em diversos  locais. “Famílias, aqui do centro, têm me procurado constantemente para que apelemos à Secretaria de Obras uma atenção especial para a falta de iluminação no jardim municipal. Este fato também é motivo de reclamação de moradores da Zona Rural e dos bairros mais distantes onde o contribuinte, que paga taxa de iluminação pública, não está tendo o retorno necessário, pois faltam postes e iluminação pública na grande maioria dos bairros mais pobres e na Zona Rural”, destacou o vereador que afirmou ainda “que estes locais não podem ser lembrados apenas no período eleitoral”. Odair Ferreira (REDE) comentou que, quando o contribuinte procura um vereador para reclamar estas questões é porque, em várias outras oportunidades, já procurou os setores competentes e não foi atendido e, “na maioria das vezes é até mal atendido”. Para o vereador, “a Secretaria de Obras precisa entrar em contato coma empresa terceirizada, BCM, para se encontrar uma solução para a questão da iluminação pública em Barbacena. As pessoas vão à Secretaria, ligam para o 0800,  e não conseguem um atendimento a altura do que merecem”.

 

EDSON REZENDE(PT)COMENTA SOBRE QUEBRA DE DIREITOS SOCIAIS.

 

                    Baseado na fala de Padre Danival na Tribuna Livre, o vereador Edson Rezende (PT) conclamou uma ação efetiva para o fim do que considerou “notícias ruins que brotam a todo momento,vindas do Palácio do Planalto e do Palácio da Liberdade”. Para o vereador o clamor dos mais pobres tem que ser ouvido, como citou o Padre. “ O incentivo ao uso de armas tem produzido verdadeiras tragédias no país. A reforma da Previdência só tira direitos do pobre brasileiro. No Chile, reforma semelhante a que está sendo proposta no Brasil, tem levado cidadãos a cometer suicídios”, destacou Edson Rezende. Para o edil a defesa do trabalhador precisa ser olhada também sob a ótica da caridade. “O dinheiro que domina o mundo está transformando países, inclusive o nosso, onde existem milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza”. Edson Rezende(PT) defendeu a paridade nos Conselhos para a proposição de políticas públicas. “ Estamos há mais de dois anos tentando marcar com o Prefeito e seus Secretários um encontro para saber como está a implementação das Política Publicas que foram levantadas em onze regiões visitadas na cidades, mas não se consegue esta abertura para falar com o Prefeito ou com seus Secretários”, afirmou o vereador. Destacou a coragem da Igreja ao se pronunciar de forma contundente em prol das causas sociais.

VEREADOR NILTON CÉZAR(PSB) DESTA REALIZAÇÃO DOS JOGOS ESCOLARES.

  

                  Referindo-se à fala do Padre Danival, o vereador Nilton Cézar (PSB) salientou ser necessário estar atento às causas sociais e, no seu entender, a concretização das políticas publicas são de vital importância para o atendimento aos anseios da população. Sobre os Jogos Escolares o vereador comentou que, “eles estão acontecendo de forma regular e, neste momento, aguarda-se apenas o posicionamento de uma empresa da cidade para a efetivação da premiação”. O vereador disse que o momento é difícil e  é preciso uma união dos vereadores para se pensar no bem estar da população. “ A vinda do Padre, participar da Tribuna Livre, foi muito importante para motivar ainda mais a edilidade na orientação de desenvolvimento das ações dos vereadores na aplicação e fiscalização das políticas públicas”, disse Nilton Cézar.

VEREADOR CARLOS DÚ(MDB) COMENTA SOBRE ATUAÇÃO DOS CONSELHOS.

 

                       A participação dos Conselhos Municipais nas tomadas de decisão nas políticas publicas, foi tema de pronunciamento do vereador Carlos Dú (MDB). Aproveitando as colocações do Padre Danival, na Tribuna Livre, em relação a necessidade de decisões concretas nas deliberações dos Conselhos, o vereador afirmou que a maioria dos Conselhos tem participação apenas consultiva e não deliberativa. “Infelizmente, o poder de deliberação dos Conselhos é fator negativo na tomada de decisões. Por esta razão, juntamente com a Arcom e outras entidades, vamos apresentar propostas para alteração em onze Conselho, tornando-os deliberativos”, disse o vereador. Com relação à população de rua, o vereador disse que “foi proposto, em 2017, um Fórum para debater o assunto. Mas, de lá pra cá, nada foi feito, ficou apenas nos debates”. Apelou ao Executivo dar continuidade nos temas debatidos no Fórum.

  GLAUBER MILAGRES GAVA(PMB) PEDE MELHORIAS NO TRÂNSITO.

 

                      A situação dos semáforos na região do Bairro do Carmo foi abordada pelo vereador Glauber Milagres Gava (PMB). “Apelo, mais uma vez, à Setram, olhar com carinho para o cruzamento dos Bairros Bom Pastor e Carmo, onde a situação é preocupante. Acompanho o trabalho da Setran e, até parabenizo pelas faixas que estão sendo pintadas em vários pontos da cidade. Mas, atendendo reivindicação da população, solicitou ao setor de trânsito a mesma postura para com a região do Bairro do Carmo”. Com relação a questão de Capina, o vereador comentou que foi levado por moradores do Bairro Santa Tereza II a várias ruas e pôde verificar que a situação está complicada. “ O vereador, às vezes fica até sem ter o que falar para a população. Vou procurar a Secretária de Obras para um direcionamento diferenciado nas prioridades da população e, principalmente nas questões que dizem respeito a capina e, também, como foi dito pelo vereador Odair Ferreira (REDE), resolver as inúmeras  solicitações de iluminação pública e os problemas de ruas na periferia, principalmente no Nova Cidade”, concluiu o vereador. Glauber Milagres (PMB), comentou ainda sobre o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Grupo Efrain. “Como foi citado  na Tribuna, sobre a situação da população de rua, o Grupo Efrain vem realizando um trabalho de grande alcance social em apoio à população de rua e também para drogados. Eles precisam do apoio dos poderes constituídos e, principalmente da população, para seqüência do trabalho voluntário”.