COMISSÃO DE SAÚDE DA CÂMARA VISITA TERMINAL DA EMPRESA HOLCIM _BARBACENA

14 de JUNHO de 2019 às 19h20

A Comissão de Saúde da Câmara Municipal, formada pelos vereadores Milton Roman (PHS), José Newton de Faria (PODEMOS) e Edson Rezende (PT), visitou, no ultimo dia 13, as instalações do Terminal da  Holcim, que fica na região do Bairro Pontilhão. Meses atrás,  a mesma Comissão esteve no local para cumprir um protocolo de avaliação e discussão com os responsáveis da empresa,  diante de reclamações de moradores que alegavam, na oportunidade, muito barulho e poluição, em razão do pó de cimento.

No encontro, foram recebidos por Carlos Eduardo Sona (Gerente de Distribuição da Empresa), Wander Pereira ( Supervisor do Terminal Bias Fortes, em Barbacena) e Felipe de Queirós, da área de comunicação.  A direção da empresa apresentou aos vereadores um relato completo e preciso das medidas que foram tomadas para cumprir o TAC (Termo de Ajuste de Conduta) firmado com o Ministério Público e também os compromissos acertados com os vereadores para atender o que vinha sendo reivindicado pela população.  “ Fomos ouvir a comunidade ao redor da Holcim e também os diretores da empresa para tomarmos conhecimento das medidas que foram implementadas  para diminuir o ruído e a emissão de pó na natureza. O que nos foi apresentado e mostrado é que a empresa vem cumprindo um cronograma eficiente para saldar os 13 pontos acordados, sendo que esta primeira etapa está concluída, uma vez que o ruído foi reduzido em sua quase totalidade”, afirmou o vereador Edson Rezende (PT).

  A empresa tinha um prazo estipulado para a conclusão de alguns ítens acordados no TAC e, mesmo antes deste prazo se exaurir, em maio passado,  a  Holcim conseguiu diminuir o ruído que  perturbava os moradores . “ Este fato tivemos oportunidade de comprovar  com os moradores da região”, afirmou o Vereador Milton Roman (PHS), Presidente da Comissão, destacando ainda que durante as mais de duas horas que os vereadores estiveram na empresa, puderam constatar que a emissão de pó na natureza é quase que zero. “ O problema que ocorreu, registrado pelos moradores, foi o vazamento de pó de cimento,em um determinado momento, quando se carregavam dois caminhões e, depois deste fato nenhum outro problema foi registrado, ou seja, não há vazamento de pó o que pode ser constado pela ausência de crostas no local e até mesmo nas árvores que se encontram totalmente protegidas”.

Na visita realizada pelos vereadores a direção da empresa informou que está sendo estudada uma forma de equacionar o horário de chegada dos caminhões, por volta de sete horas da manhã, razão de reclamação dos moradores.

 Durante o período em que os vereadores estiveram debatendo com os diretores da empresa, estes informaram que está em andamento o  projeto, no qual está incluída aquisição de equipamentos, para atenuar a situação, muito embora alguns filtros para conter a emissão de pó de cimento já tenham sido instalados. Segundo os representantes da Holcim, o investimento chega aos R$600 (seiscentos mil reais).

A Comissão de Saúde da Câmara vai divulgar , em breve, data para uma nova visita ao Terminal Holcim em Barbacena para acompanhar a evolução dos trabalhos da empresa.