LEGISLATIVO PARTICIPA DE REUNIÃO PARA TRATATIVAS DE LIBERAÇÃO GRADUAL DO COMERCIO EM BARBACENA

28 de ABRIL de 2020 às 08h56

Buscando, de forma consciente, abrir diálogo para um possível retorno das atividades econômicas em Barbacena, o Presidente da Câmara, vereador Amarílio Andrade, após ser procurado por lideranças do comércio local, agendou um encontro com o Prefeito Luis Álvaro para que fossem iniciadas as primeiras tratativas sobre o tema.

A reunião com o Prefeito aconteceu na manhã de sábado, 25, e contou com as presenças de Flávio Franco, Presidente da Associação Comercial e Industrial de Barbacena(Acib), Sebastião Vilela Conrado, Presidente da CDL, José Francisco Milagres, Secretário Municipal de Fazenda e o vereador José Newton de Faria, Líder do Governo Municipal, na Câmara.

Depois de um longo debate sobre as questões apresentadas, o Prefeito Luis Álvaro afirmou aos presentes que aguarda o decreto do Governador de Minas, Romeu Zema, com o detalhamento das ações a serem empreendidas no estado para depois, apresentar o plano municipal de reabertura gradual do comércio. Nas primeiras tratativas ficou definido que, caso tudo corra dentro do esperado, o comércio volte a ser aberto gradualmente apartir de 4 de maio.

 O Presidente da Câmara, vereador Amarílio Andrade reafirmou ao Prefeito e aos participantes do encontro o apoio permanente e irrestrito do Legislativo para as decisões que virão a ser tomadas. 'É um momento que exige de todos nós uma grande reflexão e responsabilidade. Lidamos com a pandemia do Coronavirus e, seguindo as orientações das autoridades sanitárias, em todos os níveis, sabemos da importância do isolamento social. A prefeitura de Barbacena, através do Prefeito Luis Álvaro, que delegou uma importante missão à Secretária de Saúde, Marcilene Dornelas e equipe, tem conseguido fazer um brilhante trabalho de prevenção ao Coronavirus,mesmo diante de poucos recursos financeiros, investindo o que pode para garantir que o barbacenense seja atendido dentro de tudo o que for necessário , caso seja acometido pela doença. Muito embora o momento seja ainda de isolamento social, o comércio já começa a sentir os efeitos da pandemia. É uma questão muito complicada , na qual não podemos deixar o Prefeito solitário no momento de tomar uma decisão de tamanha relevância , qual seja o retorno gradual das atividades comerciais em determinados segmentos' , disse Amarilio.

 

Segundo o programa do Governo do Estado de Minas Gerais, Barbacena se enquadraria, hoje, na chamada Onda 1. O programa setoriza as atividades econômicas em quatro “ondas” estabelecidas pela Secretaria de Saúde (onda 0 – serviços essenciais; onda 1 – baixo risco; onda 2 – médio risco; onda 3 – alto risco), a serem liberadas para funcionamento de forma progressiva, conforme indicadores de capacidade assistencial e de propagação da doença, avaliando o cenário de cada cidade e a taxa de evolução da Covid-19 na região.

O Vereador José Newton de Faria, líder do Governo na Câmara, que também participou da reunião com o Prefeito disse que “o executivo municipal prioriza a vida. Entretanto, vai haver sim um momento em que as atividades econômicas do município terão que ser retomadas. Por esta razão, as primeiras tratativas estão sendo tomadas dentro de um processo de razoabilidade e com muito critério”.

Aguarda-se para os próximos dias a publicação de um Decreto do Executivo normatizando o retorno gradativo das atividades comerciais em Barbacena, o que pode ocorrer a partir da semana de 4 de maio.