VEREADORES VOTAM LEI ORÇAMENTÁRIA. PRESIDENTE DECRETA RECESSO PARLAMENTAR.

Orçamento 2017 e Plano Plurianual são aprovados e presidente da Câmara Municipal de Barbacena declara o recesso parlamentar

 

A reunião aconteceu na noite de quinta-feira, 12/01, em sessão ordinária, no Palácio da Revolução Liberal.

 

1) Aprovado por unanimidade a Redação Final do Projeto Lei nº 091/16 que Dispõe sobre a revisão do Plano Plurianual do quadriênio 2014-2017, para adequação à Lei Orçamentária Anual do exercício de 2017 – autoria do Executivo –

 

2) Aprovado também por decisão unânime a Redação Final do Projeto Lei nº 092/2016 que estima as receitas e fixa as despesas do Orçamento Fiscal e da Seguridade Social do Município de Barbacena para o exercício de 2017 e dá outras providências – autoria do Executivo -

 

3) Redação Final - Projeto Lei nº 088/2016 – Reconhece como de utilidade pública a associação cultural e Esportiva Capoeira Senzala BQ e dá outras providências de autoria da mesa – Aprovado por unanimidade

 

4) Segunda discussão e votação – Projeto de Lei 223/13 – Assegura às pessoas portadoras de deficiência física ou motora ou com mobilidade reduzida o direito de embarque e desembarque entre as paradas obrigatórias (pontos de ônibus) do município de Barbacena e dá outras providências – autoria Johnson Marçal aprovado por unanimidade

 

 

 

De acordo com o Regimento Interno da Câmara, o presidente declarou o recesso parlamentar, e no dia 16 de fevereiro, quinta-feira, os vereadores e vereadoras voltarão a discutir e aprovar projetos de interesse da população.

 

Próximas visitas a serem realizadas pelo Poder Legislativo: Polícia Civil, Sistema Prisional, Ifet, CDL, Apae e Guarda Municipal.

 

Estiveram presentes os seguintes vereadores:

 

Amarílio Andrade (PSC) – Carlos Dú (PMDB) – Edson Rezende (PT) – Pastor Éwerton Duarte (PMDB) – Flávio Maluf (PV) – Ilson Tererê (PRB) - Joana Bias Fortes (PDT) – José Antônio o Tanjão ( PRB) – José Jorge Emídio (PDT) – José Newton (PSL) - Milton Roman (PHS) – professor Nilton César (PSB) – Odair Ferreira (REDE) – Thiago Martins (PT) e Vânia de Castro (PMDB)